20/07/2017

A discussão sobre importantes eixos como: educação, cultura, povos e comunidade tradicionais, saúde e fortalecimento dos órgãos foram alguns dos temas levados a discussão e reflexão durante a primeira Conferência Regional de Promoção da Igualdade Racial de Ituiutaba, realizada na sexta-feira, 14 no Campus Pontal, da Universidade Federal de Uberlândia, UFU.

 

Segundo a presidente da Fundação Municipal Zumbi dos Palmares, Fumzup, da Prefeitura de Ituiutaba, Dara Nicácio o evento trouxe oportunidade de reflexão entre os convidados e autoridades presentes. Ainda observou como momento fundamental de fortalecimento das discussões temáticas de luta pela igualdade racial, na região do Pontal Mineiro.

 

“Agradeço a todas as pessoas que de alguma forma puderam contribuir para que a realização desta Iª Conferência Regional de Promoção da Igualdade Racial de Ituiutaba. Todos os envolvidos viram a importância do evento, que sem dúvidas foi um sucesso. É necessário trabalhar muito para fortalecer as discussões e execuções das políticas públicas, a luta pela igualdade Racial ainda é árdua, mas vamos continuar lutando por nossos direitos”, disse Dara.

 

A temática principal do evento, trouxe como título “O Brasil na década do Afro Descendente: Minas Gerais Promovendo a Igualdade Racial por Nenhum Direito a Menos”. A conferência teve adesão e participação de representante das cidades de Cachoeira Dourada, Capinópolis, Canápolis, Gurinhatã, Ipiaçu e Santa Vitória.

 

Logo após abertura oficial, onde várias autoridades marcaram presença, foi realizada a composição dos 8 eixos trabalhados. No período da tarde as propostas definidas pelos eixos foram apresentadas, e em seguida houve a plenária e escolha dos delegados que participarão da conferência Estadual em Agosto/2017.

 

Eixos apresentados: EIXO 2: Educação, diversidade e implementação das leis 10639/03 e 11645/08. EIXO 3: Cultura—Promoção e proteção da diversidade cultural em Minas Gerais. EIXO 4: Mulher, feminismo participação social e espaços de poder. EIXO 5: Povos e Comunidades Tradicionais, território e identidade. EIXO 6: Saúde, fortalecimento e humanização do SUS, e EIXO 7: Fortalecimento de órgãos de Promoção da Igualdade Racial, políticas públicas afirmativas e combate ao racismo institucional.  

 

 

Fonte: ASCOM

Voltar